Qual tênis de corrida ideal para você?

Você já encontrou o seu tênis de corrida ideal? Veja agora como fazer

Se existe um tema debatido frequentemente nesse universo, é a escolha de um tênis de corrida ideal. O que deve ser considerado para cada pessoa: a marca? O preço? O nível de desempenho do corredor? Nessa matéria você descobrirá o que, de fato, você deve observar na hora de tomar sua escolha.

01:59:40. Esse foi o tempo que Eliud Kipchoge, considerado por muitos o maior corredor de longa distância da história, conseguiu, em sua segunda tentativa, correr a maratona num tempo abaixo de 2 horas. Quem quiser conferir um pouco desse feito quase sobre humano, confira o documentário.

A capacidade desse atleta já é algo indiscutível no meio da corrida de rua. Porém, um tema chamou a atenção no alcance desse feito: a ênfase dada a tecnologia do tênis utilizada no desafio, considerado por alguns especialistas na área como “doping tecnológico”.

O tênis de corrida em questão é a linha Nike Vaporfly, que teoricamente daria uma vantagem ao atleta em função de sua tecnologia de propulsão. Alguns anos atrás, esse mesmo tema foi discutido em relação aos trajes dos nadadores nas olimpíadas.

Mas saltando para nós, meros “mortais” do esporte, o que deve considerado o tênis de corrida ideal? Será que essa escolha pode impactar em minha performance como treinar, ou mesmo na prevenção de lesões? E como escolher a melhor opção para mim?

Para responder essa pergunta, separamos alguns pontos que todo corredor, seja iniciante ou avançado, deve considerar na hora de escolher seu tênis.

Não existe tênis de corrida ideal

É isso mesmo. Sabemos que isso pode ser uma ducha de água fria para alguns, mas a verdade é que, da mesma forma que nossas impressões digitais são únicas, o formato do nosso pé também é. Isso faz com que cada corredor se adapte melhor a uma marca em relação à outra. Em resumo: o tênis ideal será um tipo para cada pessoa.

Existem inúmeros fatores que podem influenciar nisso, mas os 3 principais são:

Peso corporal- corredores mais pesados podem sofrer com tênis que não proporcionam um bom nível de amortecimento como, por exemplo, tênis de performance ou minimalistas. Isso porque eles são projetados com componentes mais duros e super leves, pois o principal objetivo é não perder tempo no amortecimento de impacto, mesmo que isso leve a uma exigência física e técnica maior;

Problemas ortopédicos – Pessoas com problemas como Hálux valgo (conhecido popularmente como “joanete”) ou Pé chato são mais comuns do que se imagina. Por isso, na hora de comprar seu tênis de corrida, você deve avaliar se a forma da marca é um pouco mais larga na parte frontal, se oferece algum tipo de proteção para atenuar movimentos indesejados, e se entrega o conforto que precisa para correr;

Tempo de modalidade – Para aqueles que estão dando os primeiros passos na corrida de rua, comprar o tênis mais caro ou o projetado para quem deseja correr mais rápido pode ser um grande erro. Isso porque além de não ter experiência ou técnica, o volume de treino nas primeiras etapas ainda será muito baixo, o que reduz a necessidade de um investimento inicial muito alto;

Existe outros aspectos além desses que vão ajudar na escolha de um tênis de corrida ideal para você.

Procure experimentar marcas e modelos diferentes

Ainda é muito comum que alguns corredores, seja por questões financeiros ou por costume, tenha apenas um tênis para correr, ou compre somente um tipo de marca.

Isso é um grande erro, porque a tecnologia de todas as grandes marcas de tênis esportivo vem evoluindo. Muitas que há anos atrás dominaram o mercado ficaram pelo caminho e estagnaram no desenvolvimento dos calçados.

Outro fator para não ficar apenas numa marca – ou modelo – é o quanto outras opções podem se encaixar muito melhor no seu pé do que o tênis atual. Porém, por questão de costume ou recomendação, você não se permite experimentar.

Por isso, teste. E teste sempre. Ter entre 2 a 3 tênis é um cenário muito bom para fazer essa análise e colocar no seu pé sempre o que melhor se adapta para o momento.

A técnica importa mais do que a tecnologia

Não coloque tanto mérito – ou frustração – no seu desempenho apenas por estar com um modelo x ou y. Diversos estudos na área já provaram que a técnica predomina sobre a tecnologia quando falamos de desempenho e principalmente de lesões. Isso vale tanto para quem tem o tênis mais caro e de alta tecnologia, quanto para o corredor que treina com um tênis mais básico.

A única recomendação que fazemos nesse sentido é que procure sempre comprar um tênis específico para corrida.

Viu como escolher um tênis de corrida ideal para você não é fácil e exige conhecimento e certa tentativa e erro? E você, já comprou um tênis e se arrependeu bastante? Tem uma marca que não abre mão? Compartilha com a gente!

 

Compartilhe com um parceiro de corrida!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Você pode gostar também

Cadastre-se e receba dicas do mundo da corrida

Deixe seu comentário

Treinamento de corrida

Baixe grátis nossos materiais