Aprender a correr: 5 passos que você precisa dar

quais as principais etapas para aprender a correr

Toda atividade física, por mais simples que possa parecer, exige certo aprendizado. Com a corrida, não é diferente. Para aprender a correr com segurança e alcançando resultados rápidos, alguns passos são essenciais. Listamos aqui os 5 principais. Confira agora e fique mais perto do início de sua jornada como corredor.

Os primeiros passos. Como isso é marcante para a gente: aprender a andar de bicicleta, ler e escrever, tocar algum instrumento musical… são todos momentos em que um mundo novo se abre para nós.

Com a corrida, não é diferente. Participar de uma competição, correr pelas ruas da cidade ou fazer os primeiros 5km serão divisores de águas para sua experiência no esporte.

Mas para aprender a correr e passar por esses momentos bem preparado, algumas etapas serão fundamentais. Nessa matéria, nós selecionamos cinco passos que todo corredor iniciante deve conhecer para ter um início promissor.

1. Procurar apoio especializado

Para que você possa aprender algo com segurança, em geral é necessário que haja alguém para ensinar, ainda mais quando se trata do seu corpo. Por isso, buscar orientação com quem entende de treinamento de corrida é essencial.

Atualmente, existem uma série de assessorias esportivas que atendem tanto presencial quanto online. Aliás, essa última opção vem ganhando cada vez mais adeptos, em função da dificuldade de encaixar na rotina horários rígidos de treino.

Mas você ainda não conhece nenhuma? Busque indicações ou pesquise na internet, sempre comparando preços, opções, metodologia e qualidade no primeiro contato.

2. Siga perfis sobre corrida nas redes sociais

Inicialmente, as redes sociais foram criadas com o intuito de compartilhar a rotina e conectar pessoas. Porém, nos últimos anos houve uma transformação enorme e a busca por perfis que inspiram ou ensinam você a fazer algo agora é o pilar das principais redes sociais como YouTube, Instagram, Facebook.

Estar imerso nesse universo, consumindo conteúdo, dicas e vendo o dia a dia de pessoas que motivam você será essencial nessa etapa.

Por isso, procure diversificar bastante os perfis que irá seguir, mesclando corredores, canais de equipe de corrida, treinadores, blogueiros que falam do tema, organizadoras de eventos, dentre outros.

3. Você não irá aprender a correr do dia pra noite. Se exija menos

Quando se é um corredor iniciante, é comum buscar uma “fórmula mágica” para que o processo de evolução seja mais rápido. Porém, no intuito de querer fazer algo beirando a perfeição, sempre buscando alternativas para seu treino ser mais eficiente, pode acabar sendo um tiro no pé.

Explicando melhor: por mais potencial que se tenha, leva um tempo de transição da caminhada para a corrida que garante uma maior segurança. Isso porque o tempo de adaptação do coração é diferente de músculos e articulações.

O mesmo vale para a postura na corrida, algo superestimado entre os corredores iniciantes num primeiro momento. Diversos deles relatam uma preocupação excessiva nesse ponto, o que é um erro. Uma melhor técnica se constrói ao longo do tempo, e não deve ser prioridade nos primeiros passos de um corredor.

Em outras palavras: O mais importante nesse início é ser regular. Por isso, reduza a pressão em outros pontos e foque apenas nisso. O restante virá com o tempo.

4. Tenha uma meta clara

Infelizmente, não temos a hábito de treinar apenas por saúde ou filosofia de vida, o que é mais comum nas culturas orientais.

Por isso, estabelecer uma meta é essencial. E ela precisa ser clara, quantitativa (por exemplo, correr 20 minutos direto em 3 meses). Isso gera um horizonte de expectativa, e também de cobrança. Além disso, fica muito mais difícil de avaliar se os treinos estão fluindo dentro do esperado.-

Aprender a correr é aprender também a se cobrar. Fatores como “quero uma melhor qualidade de vida” ou “quero aumentar minha disposição” são importantes, porém subjetivos.

5. Quer aprender a correr? Vire um corredor

Pode parecer estranho, mas é exatamente isso. Quando estamos iniciando nossa jornada, ainda não somos corredores. Ou seja, a modalidade ainda não faz parte de seu estilo de vida ou hobby. Mas caso consiga superar os primeiros meses, é importante focar em sua evolução como corredor, não apenas em fatores como saúde ou estética.

Em outras palavras: a corrida deve ser o fim, e não mais o meio. É isso que fará você dar aquele “algo a mais” num treino, acordar cedo para correr, dentre outras coisas. Já está mais que comprovado que corredores adquirem uma regularidade, longevidade e melhores resultados quando comparados à pessoas que “apenas” praticam.

E você, está dando os primeiros passos para aprender a correr? Ficou mais motivado depois dessas informações? Compartilhe com a gente e confira outras matérias sobre o tema em nosso blog.

Compartilhe com um parceiro de corrida!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Você pode gostar também

Cadastre-se e receba dicas do mundo da corrida

Deixe seu comentário

Treinamento de corrida

Baixe grátis nossos materiais