Quais as melhores atividades para treinar sozinho sem se machucar?

melhores atividades para treinar sozinho quais opções

Ter um ambiente (ou pessoas) que possam motivá-lo a treinar é bom e ajuda no gosto pelo exercício. Mas e se você tem uma agenda “maluca” ou prefere fazer as coisas no seu tempo? Para ajudar numa escolha segura, separamos quais as melhores atividades para treinar sozinho e onde existe um risco menor de não ter orientação.

Pessoas são muito diferentes em motivação, objetivo e disciplina. Alguns funcionam apenas quando são mais acolhidos, abraçados. Outros, quando desafiados. Na escolha de uma atividade física, não é diferente. Por isso, ter opções como personal trainers, academias, Studios e assessorias esportivas são tão importantes. Elas promovem uma série de opções que se adequa a cada um.

Porém, existe um perfil que pouco é falado, e talvez seja o mais dominante na população: o independente. Em outras palavras, é aquele que faz (ou quer fazer) uma atividade física sem compromisso com horários, treinadores ou mensalidades. 

Pode ser que esse seja só um passo rumo à evolução e, consequentemente, um acompanhamento personalizado. Mas a verdade é que existem atividades que dão mais autonomia que outras, bem como um risco menor de se machucar. 

E para ajudar nessa busca, separamos algumas das melhores atividades para se treinar sozinho. Confira abaixo e veja se essas opções são para você! 

Caminhada

Estamos falando praticamente de um exercício universal. A caminhada geralmente é a porta de entrada de pessoas que desejam começar uma atividade com segurança. Além de fácil execução, consegue atender todos os perfis de público (gestantes, obesos, idosos). 

Seus benefícios são inúmeros:

  • Controle de peso;
  • Fortalecimento de ossos e articulações
  • Aumento da capacidade cardio;
  • Melhora na disposição física e humor;

Porém, vale reforçar que parar alcançar tudo isso, é necessário tratar a atividade com seriedade, agendando horário para fazer, alternando percurso e intensidade. Atualmente, existem diversos aplicativos que ajudarão você a controlar esses dados, dando parâmetros de evolução, inclusive.

Portanto, nada de ir até o supermercado e achar que está fazendo caminhada. 

Se fizer isso, conseguirá obter grandes resultados. 

Aplicativos de treino 

Claro que a parte tecnológica não poderia ficar de fora. Com a explosão nos últimos anos do uso de aplicativos em diversas tarefas, o segmento de atividade física e também de alimentação tem um grande destaque. 

São diversas opções de exercícios, desde atividades mais simples e básicas para quem está começando, até treinos com alto grau de dificuldade. A maioria tem versões gratuitas e pagas, com vídeos explicativos e orientações. Da mesma forma, você também pode buscar orientações em canais do Youtube, onde encontrará muito conteúdo de alta qualidade.

Mas quando falamos de atividades para treinar sozinho sem correr risco de lesões, é importante começar com exercícios que realmente estão dentro da sua faixa. Infelizmente, na busca por resultados rápidos, é muito comum a pessoa pular etapas e se machucar. 

Porém, caso não se adapte aos aplicativos, vale considerar uma academia online, que tem a mesma característica, porém com apoio personalizado. 

Melhores atividades para treinar sozinho: bicicleta 

A bicicleta já é uma opção que vem crescendo nos últimos anos não apenas como modalidade esportiva. Além disso, com o surgimento da pandemia em 2020, esse processo se acelerou e as pessoas vem usando também como alternativa de transporte.

“Dar um rolê de bike” é uma opção super segura já que, na prática, basta subir no banco, ajustar a altura e pedalar. Atualmente, o número de ciclovias vem aumentando no mundo inteiro, e tende a continuar assim, ajudando a adesão da prática em qualquer lugar. 

Seus benefícios vão desde ganho na parte cardio e controle de peso até aumento de força e massa muscular nas pernas. 

Escada

Um dos exercícios mais subestimados quando falamos de atividades para treinar sozinho, mas que produz resultados fantásticos.

Fazer escada é um exercício super completo. 

Quando falamos de benefícios, eles se assemelham muito a bicicleta. Porém, existe a vantagem de não exigir investimento, pois pode ser feito no prédio, praças e outros locais encontrados em mecanismos de busca. 

Aqui, também vale um alerta: cuidado ao pegar escadas curtas de prédio ou espiral, pois existe o risco de virar excessivamente o pé apenas para um lado, aumentando o risco de inflamação do local. 

Correr está entre as melhores atividades para treinar sozinho?

Algumas pessoas colocam a corrida dentre as atividades que podem ser feitas sem orientação e com segurança.

Mas não é bem assim.

Correr envolve uma intensidade bem maior que a caminhada, bem como o grau de impacto, que pode atingir até 3 x o peso corporal. Por isso, nossa orientação é que busque orientação assim que começar a correr com certa regularidade. Como resultado, seus treinos continuarão a ser motivantes e desafiadores.

Gostou das dicas sobre melhores atividades para treinar sozinho com segurança? Acha que faltou alguma? Compartilhe com a gente! 

Compartilhe com um parceiro de corrida!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Você pode gostar também

Cadastre-se e receba dicas do mundo da corrida

Deixe seu comentário

Treinamento de corrida

Baixe grátis nossos materiais